Artista: TUCHA

Tucha nasceu a 26 de Outubro de 1975, na vila ribatejana de Coruche. A vontade de entrar no seu mundo  de sonho chegou bem cedo, quando, com apenas cinco anos, iniciou o estudo de música. Ainda adolescente deu início à sua carreira e procura encontrar-se enquanto música, interpretando covers, sendo contratada para atuar em diversas salas.

Em 1999 iniciou o seu projecto a solo com o nome artístico Tucha, gravou o álbum Queres Saber e co-fundou a editora Cormusical. A experiência não podia ter sido melhor. O grande público reconhece-lhe o talento e o álbum atinge a marca de Disco de Ouro, na época, pela venda de 20.000 cópias, hoje considerada Platina.​ Em 2001 e depois de protagonizar duas centenas de espectáculos retira-se, novamente, para estúdio. Com a colaboração do produtor Vasco Lima, grava Reflexos de onde é extraído um dos maiores sucessos da artista. O single Tudo o que sonhei aqui foi, considerado por muitos, uma das melhores musicas do ano. Foi sincronizada pela TVI em duas telenovelas Anjo Selvagem e Fala-me de Amor e integrou duas colectâneas editadas pela Vidisco e pela Farol. Entre outros projectos profissionais, torna-se vice-presidente da AFI, Associação Fonográfica Independente, e dedica boa parte do seu tempo a promover novos talentos da musica portuguesa. A artista dá início, em 2002, à digressão internacional que a leva a actuar nos Estados Unidos, Austrália e em quase toda a Europa. Os inúmeros concertos não lhe deixam margem para voltar a estúdio nos três anos seguintes. Decide parar e em 2005 grava o álbum Outra Face. Retira-se da gerência da editora Cormusical, e assina contrato com a Vidisco. Este trabalho marca uma pequena mudança na sonoridade da cantora. Com produção a cargo de Ménito Ramos o trabalho apresenta uma forte influência latina que serviu, essencialmente, para que a cantora evoluísse noutros estilos musicais.

Entre digressões nacionais e internacionais, Helena Brazão, seu nome de baptismo, decide terminar o curso superior em Ciências da Comunicação  e logo em 2007 inicia a profissão de Jornalista, colaborando com o Diário de Noticias na revista Notícias Magazine, passando pelo Grupo V Portugal até ao grupo Impala. Em 2008 é convidada pela RTP e pelo produtor / autor Ménito Ramos para participar no Festival RTP da Canção, onde interpretou o tema O Poder da Mensagem. Ainda em 2008, e num período de reflexão, compõe o single Ao fim do Mundo, música totalmente da sua autoria. Sem grandes expectativas e por se tratar de um tema muito pessoal, Tucha ficou extremamente surpreendida quando foi convidada para integrar a banda sonora da telenovela da TVI, Feitiço de Amor. Enorme sucesso.

Helena Brazão... Durante esses últimos três anos, desde o lançamento do seu ultimo álbum, Outra Face, Tucha sentiu necessidade de crescer musicalmente. Sentiu que podia ir um pouco mais além da interpretação.​

​No inicio do ano de 2009, coincidindo com o facto de se encontrar grávida da sua primeira filha, decide dar início ao processo de composição do novo trabalho que iria ser editado, pela primeira vez, em nome próprio e que marcaria outra grande mudança na sua carreira. Com vasta experiência em palcos nacionais e internacionais, ao longo de várias tournées, Tucha sentiu que podia emprestar toda a sua maturidade artística a um álbum seu...todo seu. Em Setembro de 2009 contrata o conceituado produtor musical e guitarrista Gonçalo Pereira e recolhe-se nos estúdio G-Spot iniciando a gravação desse trabalho. Contando com a colaboração de músicos excepcionais e com o objectivo de obter um produto de enorme qualidade, Voar, titulo do álbum, resulta num produto pop-rock requintado, assumidamente, romântico e dedicado e com influências de r&b e soul. O resultado acaba por superar as expectativas e Tucha assina contrato com a Orchard, líder mundial de distribuição de música online.

No dia 10 de Abril de 2010 o álbum Voar é editado e o processo de promoção é iniciado com distribuição para todas as rádios e televisões nacionais. Rapidamente surgem as críticas positivas e reveladoras da enorme qualidade do disco e os temas Voo tão longe e Amor Incondicional tornam-se sucessos de airplay.
Em Maio de 2010 o tema Amei-te como nunca amei  é integrado na banda sonora na telenovela Espírito Indomável, e dá continuidade ao sucesso da artista junto do grande público.
Iniciou nesse ano a tour Voar em Portugal e que se estendeu pelo ano de 2011 com um interregno de uns largos meses devido à gravidez da sua segunda filha.
Em Dezembro de 2011, Tucha foi mãe, pela segunda vez, de Francisca.
Há Festa...
Em 2012 regressou a estúdio para gravar o novo álbum Há Festa com data de lançamento a 10 de Maio de 2013. Este disco teve como produtor musical Jorge do Carmo e tem o selo da Editora Espacial.

 

Pretendo receber mais informações, sem compromisso!

Nome (obrigatório)

Campo de preenchimento obrigatório.
Contacto (obrigatório)

Campo de preenchimento obrigatório.
Concelho (obrigatório)

Campo de preenchimento obrigatório.
Verifique (obrigatório)
Verifique
Controlo de Spam errado, por favor tente novamente.


Email (obrigatório)

Campo de preenchimento obrigatório.
Data do Evento (obrigatório)

Inserção inválida, por favor tente de novo.
Localidade (obrigatório)

Campo de preenchimento obrigatório.






Mídia

Mais nesta categoria: « Toy Vira Milho »

responsive design
© 2017 Desenvolvido por www.codigofonte.pt
Todos os direitos reservados a KORESOM - Agência de Espectáculos

Telem (s).: 918 858 930 . 962 357 944

Ao usar este website, está a aceitar a utilização de cookies.

Caso não aceite, altere as configurações do browser

Entendo
Poker bonus at bet365.com
UA-67562239-1